Home » + Destaque » Aí não, capitão!

Aí não, capitão!

Rogério Ceni está sendo pivô de uma discussão absurda no Morumbi. Segundo o GloboEsporte.com, a empresa Corr Plastik paga 5 milhões pro clube e no contrato prevê o uso da marca pela comissão técnica.  Rogério Ceni estaria se recusando a usar e gerando um desconforto com o patrocinador.

Óbvio, se eu fosse o patrocinador também ficaria puto.

Mas o que me causa espanto é o Rogério, que sempre pregou tanto profissionalismo, se postar acima do clube nessa situção. Se o clube tem o patrocinador X, usará o X e ponto final. Não há jogador que use Adidas nos pés que rejeite jogar de camisa da nike. É simples assim.

A carreira do Ceni é brilhante dentro do SPFC. Mas é um jogador e ídolo apenas dentro do SPFC.  Fora, tem dificuldades. E terá como treinador, manager, o que for.

Ao começar com esse tipo de situação, pior ainda. Porque se nem no SPFC ele aceitar as condiçòes do clube, o que vai ser em outro clube?

O clube precisa impor a situação de forma clara e simples. Vai usar.  Não quer? Então, um abraço.

Regalia é uma coisa. Ser ídolo é uma coisa. Prejudicar o clube é outra. O que há nessa relação de treinador/clube é uma oportunidade e não uma contratação. Rogério ta tendo uma chance, não sendo buscado por ser um puta treinador.

É o mínimo que se espera o cumprimento dos contratos do clube. Quer usar social? Ok. Então negocia e depois usa.  Se o São Paulo perder o patrocinador por conta disso, alguém vai ter que se explicar.  E ao explicar, uma imagem será manchada. Vale a pena a mancha ao invés da logo do patrocinador?

abs,
RicaPerrone

Comentários