Home » Futebol » A primeira de Mano

A primeira de Mano

A primeira lista saiu. E com surpresas, como era natural, pelo treinador ser novo. Sem ter a liberdade de convocar “quem quiser”, pois diversos estão em férias, Mano teve que convocar sob a ordem de “renovar”.

Eu discordo desta idéia do jeito que ela é colocada. Odeio essa bobagem de que “se não tem idade pra 2014, não leva”, pois o Brasil não disputa só a Copa e ela não é o único objetivo da seleção. As coisas são naturais.

Quando você força a renovação acaba apostando em coisas que não dão certo. É fácil pedir que levem só garotos, porém, quem garante que os garotos serão realidade amanhã?

Acho que posição se ganha com trabalho. Mas assim como pediram do Dunga comprometimento, pedem ao Mano renovação. Logo, ele está na dele, fazendo o que foi pedido.

Vamos a lista e pitacos.

Goleiros:

Renan – Não acho justo um goleiro que não tem 20 jogos como titular estar na seleção.

Jefferson – Bom goleiro, não do nível de seleção. Mas, se ele não gosta do Fábio, as opções ficam meio raras mesmo.

Victor – Merecida e natural.

Laterais:

Rafael – Não conheço o suficiente pra julgar.

Marcelo – Bom jogador.

André Santos – Bom jogador.

Daniel Alves – Natural

Zagueiros:

Thiago Silva – Incontestável

David Luis – Não conheço

Henrique – Não sei como está, mas era muito bom no Palmeiras.

Rever – Muito bom nome

Meias:

Ederson – Não conheço bem

Carlos Eduardo – Não gosto muito pra seleção. Acho cedo.

Hernanes ou Sandro – Quem sair da Libertadores vai. São bons jogadores.

Ganso – Merecido.

Lucas – Justo.

Ramires – Ótimo!

Jucilei – Não concordo. O Elias é melhor.

Atacantes:

Robinho – Ok.

Neymar – Boa aposta.

Pato – Boa aposta

André – Não acho que seja pra seleção

Tardelli – Me recuso a comentar

Enfim, não gostei muito. Esperava mais. Só que também não sei quem pode, quem não pode, o quanto pesam as férias dos caras, etc. Então, ainda não conheço a lista de 23 ideais do Mano.

Essa, pro amistoso, tá ok. Mas ainda prefiro pensar em Ibson, Thiago Neves, Diego, Tinga, Maicon, Kaká, Julio Cesar, enfim, nomes já mais consagrados.

Se a ordem é renovar a este ponto, sou totalmente contra.

Renovação é natural. O R. Carlos joga enquanto for o melhor lateral, foda-se a Copa. Quando não for mais, ele sai. Idem pro Lucio, Juan, quem for.

Mas… pelo jeito, a maioria não pensa assim.

abs,

RicaPerrone