Home » Futebol » Campeonatos » Mundial de Clubes » A lógica sem contestação

A lógica sem contestação

455

Quando há um favorito o futebol se torna o principal esporte do mundo. É nesse momento que ele se destaca exatamente pela impossibilidade de se cravar qualquer tipo de resultado, seja qual for o tamanho da diferença entre os envolvidos.

O Cruz Azul não deve ganhar do Real Madrid. Mas pode. Como quase todos podem, já que falamos de futebol.  Mas pra ganhar do melhor time do mundo você tem que fazer, no mínimo, algo de diferente do básico. Seja na frente, seja lá atrás.

O Real Madrid entrou, forçou, fez 1×0 e deu o espaço pro Cruz Azul entrar no jogo. Em alguns minutos os mexicanos criaram chances de gol, tiveram a bola, conseguiram um certo equilíbrio até que tomaram o segundo.

Pronto. Resolvido!

Não, ainda é futebol.

Os mexicanos tem um pênalti e um lance cara a cara com o goleiro e perdem os 2 num intervalo de 4 minutos. Não há zebra que resista a tamanha falta de cuidado.

Dali pra frente o Real Madrid deixou bem claro a diferença e brincou de ganhar o jogo sem fazer esforço. É mesmo o amplo favorito contra quem for da outra chave, tal qual contra qualquer time do mundo hoje em dia.

Se é possível parar o Real, a primeira coisa deve ser não entrar em campo para pedir autografos e sim para ganhar deles. O Cruz Azul entrou pra tirar fotografia.

E pra isso, bastou. Foi ao Mundial para aparecer na foto, e lá está. O Real Madrid só vai perder pra quem olhá-lo de frente.

abs,
RicaPerrone

Comentários