Home » Futebol » A justa demissão de Roth

A justa demissão de Roth

Eu não sou fã do Roth. É da turminha do futebol “0x0” que eu tanto condeno em times grandes. Mas, pelo que fez em 2008, com o time que tinha, e pela campanha que faz na Libertadores… a decisão causa polêmica e divide opiniões.

O Gaúcho é um campeonato estranho. Se ganha, nào vale nada. Mas perde pra você ver o que acontece…

Roth paga o preço da incoerencia. Quando começou o Brasileirão, no Morumbi, fui até a torcida do Grêmio gravar pra ET e ouvi de 100% deles: “Lutamos pra não cair esse ano”. Ok!

O time disputa o titulo, mas……. ai mora o problema. Seria lindo se chegasse no fim e “quase” ganhasse. Foi o oposto. Teve tudo nas mãos e entregou no fim, e aí os méritos viram defeitos.

Celso Roth, Parreira e Muricy acreditam num futebol que requer resultados incontestaveis. E antes que você exemplifique com a permanencia de 4 anos do técnico do Morumbi, recordo que nos 2 primeiros anos sua cabeça foi pedida algumas vezes. Juvenal o manteve sozinho.

Futebol resultado é só resultado. E quem opta por isso paga o preço. Optou por um futebol feio, defensivo e visando vencer somente? Então vença.

Não venceu, caiu.

Justíssimo, de acordo com aquilo que se propõe a fazer.

abs,
RicaPerrone