Home » Futebol » A “Copinha” cada vez menor

A “Copinha” cada vez menor

copa-saopaulo-junior

A Copa São Paulo era uma das coisas mais divertidas da temporada. Curta, rápida, emocionante, cheia de perspectivas para o ano e com um número de times já contestável.

Se eu tenho um produto desses nas mãos transformo num mundial de clubes sub 20 igual a Copa, com 32, mesmo sistema, os 12 do Brasil mais os 20 maiores clubes do mundo.  Consigo colocar até público pra ver Barcelona x Palmeiras, não?

Mas não. É mais interessante ser político do que competente. Eu tenho absoluta convicção que em todos os lugares do mundo são tão corruptos quanto aqui. Inclusive no futebol. Mas a impressão que me dá é que a burrice dos caras aqui é insuperável.  Lá, nego te dá tudo e você nem fica preocupado com quanto ele rouba.  Aqui os caras não fazem porra nenhuma e ainda assim nos roubam.

Porque transformar a nossa Copinha numa festa de empresários? Tem alguém ganhando com isso, é óbvio. Já que ninguém mais quer assistir, o ibope despencou, os jogadores não são aproveitados logo depois do torneio, o que diabos pode haver de tão interessante nesse formato estúpido?

Eu simplesmente não consegui mais acompanhar. Comecei, assisti alguns jogos, mas… O que é uma base do SPFC, referencia mundial, jogar contra um time sem goleiro?

O que são as goleadas em ritmo de treino? Isso agrada a quem, afinal?

Não sei se as pessoas da CBF e Federações são muito burras, caras de pau ou realmente incompetentes. Talvez a soma dos três.

A Copinha tinha tudo pra se tornar o maior campeonato de juniores do mundo. Transformaram numa grande série C do Brasileirão com os grandes de convidados pra judiar dos pequenos.

Haja paciência.

abs,
RicaPerrone

Comentários