Home » + Chamada » Terrorismo no Flu

Terrorismo no Flu

Pode Fred ser o líder de uma facção criminosa que aterroriza seus inimigos no Morro das Laranjeiras?  Pode.  Pode Diego Souza estar fugindo do Rio de Janeiro porque se envolveu com uma gangue de russos infiltrados no morro para chantagear jogadores de futebol? Pode.  Pode Diego Souza ter sentido que fez uma troca ruim pra sua vida, que preferia estar em Recife e que não renderia aqui por não estar feliz? Pode.

Então, pergunto: Porque partimos sempre da pior das hipóteses?

Ouvi muito rádio ontem enquanto voltava de São Paulo pela Dutra e me assustei com a quantidade de “poderia” e “teria” que ouvi durante 5 horas de viagem foi constrangedora.

Em nenhum momento se sugeriu que a verdade fosse verdade. Que Diego Souza preferiu falar com o clube e sair amigavelmente do que fazer meses de corpo mole pra causar uma situação que levasse a sua saída.

Pode ter algo mais? Pode.  Mas porque partir disso se nada indica a isso?

Fred não é um problema no grupo do Fluminense, nunca foi.  Todos os jogadores com quem conversei até hoje em off me disseram ser um puta líder e um grande sujeito.  De onde vem essa onda midiática de insinuar que Fred afasta pessoas do clube?

Porque sugerir tantas teorias malucas quando o mais simples está na nossa frente: Não tava bom pra ele, pediu pra ir embora, chegaram num acordo, e ele foi.

Ponto.

Seja feliz.

abs,
RicaPerrone

 

Comentários