Home » Futebol » 2010 promete

2010 promete

Cansados de ver um futebol sem graça, os clubes já começam a mudar a filosofia atual (graças a deus). O Corinthians deu o primeiro passo quando trouxe Ronaldo, entupiu estádio, levou 2 titulos jogando bem, vendeu camisa pra todo lado e, com um estádio de 30 mil de capacidade, foi o que mais lucrou no Brasileirão.

O Flamengo trouxe Adriano e Pet, e buscou renda e resultados. O Flu, em 2008, também conseguiu algo semelhante. Fez mau uso, mas conseguiu. Em 2010, a coisa pode começar a mudar.

Ano de Copa, jogadores que estão mal na Europa adoram vir pra cá jogar bem e conseguir vaga, ou no minino se valorizar. Mais do que isso, alguns “velhos” conhecidos nossos estão cheios de dinheiro e loucos pra voltar pra casa. 2010 promete ser um ano muito melhor do que o atual no Brasil.

O Flamengo, se chegar na Libertadores, não deve desmontar o time. Deve até reforça-lo. O SPFC dificilmente monta um time fraco, assim como o Palmeiras cresce a cada ano, o Inter idem, o Gremio idem e os nomes já surgem.

A listinha é boa, e o momento promete.

Quem hoje pode sair do Brasil? Adriano, disse que fica. Ronaldo, deve ficar. Diego Souza e Miranda, se forem inteligentes, aguentam mais 6 meses pra garantir a Copa. Ou seja, a maioria, desta vez, deve ficar.

Aí vem Cicinho, Roger, Valdivia, Juninho, Leandro Guerreiro, Rafael Sobis, Alex, R. Carlos, Robinho, Ronaldinho, entre outros diversos que discutem a volta em janeiro.

Alem disso, o Botafogo-SP abriu uma porta interessante. Trouxe um jogador de renome, velho, mas que deve destoar de muitos ainda por aqui. Talvez seja um caminho.

O Corinthians quer Riquelme, e tem chances de conseguir.

O Botafogo criou um fundo de investimentos com empresários para buscar um jogador internacionalmente conhecido para lotar estádio em 2010. Não sei quem é, mas se vier é mais um que investe no espetaculo e não só na correria.

É gozado, mas os clubes do mundo todo vendem um show. Mesmo que não haja um show em campo, vendem a idéia de que aquele jogador pode criar um lance que valha seu ingresso. Aqui, não.

Os clubes insistem na tese simples e amadora de que o simples fato do time brigar por algo já leva publico. Mentira, leva nada. Taí o Ronado pra provar que os Europeus são mais inteligentes. Torcedor é consumidor, e só compra se o produto for razoavelmente atraente.

Voce vai ao estádio ver Ronaldo num jogo ruim. Afinal, corre o risco de ver algo antologico. Nao vai ver SP x Nautico, porque não acredita muito que o Washington possa fazer algo que voce guarde pra vida toda, ne?

O show ainda é uma filosofia americana que admiro. Eles não nivelam por cima as vezes, mas prezam pelo espetaculo.

E em 2010, o Brasil pode ter uma aula disso, mesmo sem querer.

Estes jogadores citados e outros 10 que nem lembrei o nome enquanto escrevia, podem voltar. Alguns em busca de fim de carreira, outros em busca de Copa. Mas, a tendencia é que 2010 seja um grande ano.

E assim, quem sabe, com jogadores de alto nivel tecnico destoando por aqui, alguns clubes notem que o torcedor ainda gosta de futebol, por mais que espereneie pelo resultado.

Podemos imaginar um ano com Fred, Ricardinho, Roger, Valdivia, Diego Souza, hernanes, Guerron, Gilberto,  Miranda, Robinho, enfim… nomes que levam o torcedor ao jogo. Se não por serem genios da bola, ao menos pela expectativa de verem algo diferente.

Aposta que o Corinthians fez em 2009 e deu muito certo. Os outros já tendem a seguir.

Demorou até ne? faz 200 anos que fazem isso na Europa, tá na hora de perceberem aqui que é mais negócio vender ingresso e camisa, mesmo que o titulo não venha, pois você se mantem economicamente forte pra reverter o resultado no ano seguinte, do que ficar no bom e barato, chegar na briga esse ano e não plantar nada pra colher depois.

Futebol é negocio. Tá na hora do brasileiro perceber isso.

abs,
RicaPerrone