Home » Futebol » Botafogo » É melhor perder?

É melhor perder?

O Botafogo empatou com o Bangu outro dia e ninguém falou quase nada. Quando venceu o Audax por 4×0 apresentando um futebol animador, ouviu mais desmerecimento do que aplausos.

É duro jogar um estadual.

Se você ganha o jogo bem, não pode comemorar muito porque “não quer dizer nada”. Se perde porque não está muito afim e o adversário jogando a vida, “é vexame”.

Se empata, ninguém te nota. Mas é tropeço.

Se classificar, não fez mais que a obrigação. Se for eliminado, é “vergonhoso”.

Ao empatar com o Bangu ninguém determinou o fracasso alvi-negro, nem cravou dias melhores com euforia.

Ao golear o Audax o lado negativo supera a vitória na tentativa de colocar os pingos nos “is”, mesmo que na frase não haja nenhum “i”.

“Grande merda golear o Audax”, é a frase mais dita sobre o Fogão hoje.

Talvez fosse melhor perder, pois no máximo ouviriam que “precisa reforçar” e, quem sabe, não ficariam na dúvida entre  a ilusão das goleadas nos estaduais e o desespero de não estar pronto em janeiro.

E assim o Fogão continua sua caminhada entre o vexame e o “dever cumprido”, sem poder sonhar com a glória tão cedo.

O duro dia-a-dia de ser grande num mar de mediocridade até o mes de maio, onde por vício continuamos cobrando 4×0 sem notar que o nível triplicou e, portanto, “não é bem assim”.

Mas para nós, apaixonados por futebol, valem apenas as últimas 24h. E assim sendo, declaro que o Botafogo é o melhor time do Brasil!

Até as 22h. Depois disso, contra o Audax… até eu!

abs,
RicaPerrone