Recent Posts

Diferentes. Muito diferentes.

Se um time comandado por alguém de terno, jovem, estudioso e de bom trato com a mídia tocasse a bola como o Grêmio toca e construísse as jogadas que ele constrói, falariam maravilhas do sujeito. Sendo o Renato, “só o Renato”, ídolo dos dois em campo ontem,  pouca gente fala. O Grêmio não tem um timaço. Mas sabe exatamente o …

Read More »

Sempre tem um “Zé”

Toda vez que um time perde o brasileiro precisa encontrar um “Zé” qualquer para colocar a culpa.  A cultura do herói é a mesma que sustenta o vilão, e por isso sempre tentaremos encontra-lo e condena-lo, mesmo que isso seja um absurdo. Zé Ricardo não é o Tite. Não tem outro Tite. O Flamengo tem um treinador novo, moderno, que …

Read More »

Uma nova forma de cair

O Flamengo tem na Libertadores um desejo incompatível com seu histórico. Fazem dela uma “meta” comum quando na realidade o rubro-negro jamais fez parte dos protagonista dos torneio. Pelo contrário, joga mal pra cacete. É eliminado toda hora das mais diversas formas e sob as mais repetidas crises que tornam o dia seguinte no previsível “Brasileiro é obrigação”. E não é, …

Read More »

Entenda o porque do “escanteio curto”

Talvez  você não tenha notado, mas o futebol moderno tem algumas características que mesmo não gostando devemos nos perguntar os motivos.  O escanteio curto é uma delas. Gera gozação, a gente brinca e vai contra. Também acho “chato”. Mas ele é estatisticamente a melhor escolha, sabia? Um cruzamento na área, hoje, é uma perda de tempo. O futebol se aproximou …

Read More »